blog shbarcelona català   blog shbarcelona español   blog shbarcelona français   blog shbarcelona english   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona   blog shbarcelona
Arte e cultura

Expressões artísticas catalãs – parte 6: a literatura

Imagem de flores e rosas da Diada de Sant Jordi
Escrito por Rodrigo

Cada uma das expressões artísticas catalãs nos mostra que a Catalunha é, sem dúvida alguma, um lugar de onde brotam grandiosas ideias que resistem à passagem do tempo. Se pudéssemos descrever a relação entre catalães e o mundo artístico, poderíamos dizer que essa relação está baseada em três eixos: criatividade, vanguardismo e estética.

A escrita é um fenômeno que permitiu que as primeiras histórias, orais, permanecessem vivas até mesmo depois que as memórias falhassem, ou quando não houvesse pessoas para contá-las. Sem a escrita, as informações históricas sobre o mundo nos chegariam com muitos desfalques.

Com o passar dos séculos, os registros das experiências vividas, como o de novas ideias, foram ganhando um número cada vez maior de páginas, e assim, as primeiras bibliotecas começaram a surgir.

A literatura de um povo pode ser pensada como a coleção gráfica de ideias, memórias e criações pertencentes aos seus integrantes. Por estar associada ao campo das criações, a literatura é considerada uma das expressões artísticas mais importantes e presentes na sociedade.

Os escritores catalães, por exemplo, possuem uma história de inúmeras páginas na literatura, e falaremos um pouco dela neste artigo de ShBarcelona.

Artigo relacionado: Os melhores aplicativos de audiolivros

Uma tradição com mais de oito séculos

Imagem de representação da literatura medieval de Ramon Llull

Foto por Visual Hunt

A literatura catalã possui raízes que datam da Idade Média. Na segunda metade do século XIII, ganha relevância na sociedade catalã o escritor Ramon Llull. Ele foi o responsável por estabelecer as bases do catalão literário, além de ser famoso por seus escritos filosóficos e teológicos.

Algumas de suas mais destacadas produções literárias foram Romanç d’Evast e Blanquerna, o Llibre de l’orde de cavalleria, e o Fèlix o Llibre de meravelles.

Durante o século XIV, a influência eclesiástica na literatura catalã foi marcante. A finalidade das obras de cunho religioso era mostrar a doutrina e os princípios da moralidade cristã. As obras literárias de Francesc Eiximenis e Vicent Ferrer são alguns exemplos da prosa religiosa catalã à época.

No século XIX, a literatura catalã esteve influenciada pela Renaixença, um movimento cultural catalão que tinha como propósito o renascimento da língua catalã como elemento literário e cultural. Nesse contexto histórico, destacam-se os escritores Jacint Verdaguer, Àngel Guimerà e Narcís Oller, que ajudaram a promover a língua catalã na Europa.

Artigo relacionado: Quatro curiosidades catalãs

A literatura catalã nos séculos XX e XXI

Imagem do livro "Veu Incessant", da literatura de Miquel Martí i Pol

Foto por Visual Hunt

Na fatídica era da ditadura franquista, a cultura catalã foi duramente atacada. A produção literária sofreu uma drástica queda, e apenas alguns escritores, na clandestinidade, conseguiam seguir com suas produções.

A década de 60, entretanto, testemunhou o surgimento de uma grande geração de escritores catalães. A recuperação da atividade literária e intelectual catalã ganhou mais força nas décadas de 70 e 80. Alguns dos grandes nomes da literatura catalã contemporânea são Joan Fuster, Miquel Martí i Pol, Baltasar Porcel.

Atualmente, a literatura catalã tem como principal momento a Diada de Sant Jordí, 23 de abril. A data foi oficializada, pela UNESCO como o Dia Mundial do Livro. Vale a pena destacar, também, o papel do escritor e linguista catalão Màrius Serra, um dos maiores escritores catalães em atividade.

Qual é o seu livro favorito da literatura catalã?

Sobre o autor

Rodrigo

Tradutor, professor de idiomas e redator do portal de notícias Aqui Catalunha, o primeiro em língua portuguesa exclusivamente dedicado à Catalunha.

Deixe um comentário