blog shbarcelona català   blog shbarcelona français   blog shbarcelona castellano   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona   blog shbarcelona   blog shbarcelona   blog shbarcelona
Costumes e tradições catalãs

O dia de Sant Jordi

Rodrigo
Escrito por Rodrigo

A Diada de Sant Jordi é um dos dias mais mais bonitos na Catalunha. Essa celebração é uma amostra da personalidade dos catalães, costumeiramente apegados às suas tradições, amantes da cultura, e orgulhosos de sua terra. O dia de Sant Jordi tem por base uma lenda que fala de valentia, amor e honra. Neste artigo, ShBarcelona conta um pouco mais sobre a lenda que inspira o dia de Sant Jordi.

Artigo relacionado: Grandes motivos para aprender catalão

Conheça a origem lendária do dia de Sant Jordi

Foto por Visual Hunt

Todo dia 23 de abril, Barcelona e demais regiões catalãs celebram essa que é uma das festas mais populares de sua cultura. Na capital da Catalunha, por exemplo, ruas de quase todas as zonas da cidade ficam lotadas, especialmente as do centro, como a Passeig de Gràcia e Les Rambles. Milhares de pessoas passam por lá para comprarem livros e rosas vermelhas, vendidos nas diversas tendas espalhadas. A lenda de Sant Jordi celebra a morte de Jorge da Capadócia, no dia 23 de abril de 303. A história tem como cenário as terras de Montblanc, onde vivia um dragão feroz, e que deixava todos os moradores da região aterrorizados. Esse dragão havia passado anos devorando pessoas e rebanhos inteiros, razão suficiente para que todo mundo temesse por suas vidas e modos de subsistência. Um dia, o rei decidiu buscar uma solução para um dilema: para que o povo pudesse ter uma vida normal, deveria evitar que o dragão ficasse com fome. Ou seja, decidiu-se que, todos os dias e de modo aleatório, uma pessoa seria oferecida à temida criatura. Dessa forma, todos os restantes moradores poderiam ter uma vida tranquila, ao menos naquele dia.

Artigo relacionado: Expressões artísticas catalãs – parte 6: a literatura

Foto por Visual Hunt

Por azar, a primeira pessoa oferecida ao dragão foi a filha do rei. A jovem e bela princesa ficou em pânico, bem como todos os demais aldeões, que pediram clemência ao rei. O pai, porém, se manteve fiel à decisão, e acabou por aceitar o que o destino havia marcado: enviou a filha para a caverna onde vivia o dragão. Tudo mudou quando, de repente, apareceu um cavaleiro montado sobre um cavalo branco. Seu nome era Jordi, e sua missão era salvar a filha do rei e toda a população de Montblanc. De forma heroica, Jordi lutou contra o dragão, e o venceu depois de fazer a lança atravessar a criatura abominável. Depois de alguns dias, onde o cavaleiro havia derrotado o dragão, surgiu um roseiral de flores vermelhas a partir do sangue derramado pela vítima de Jordi. Essa história inspirou inúmeros rapazes apaixonados a presentearem suas amadas com uma rosa vermelha. Esse dia, 23 de abril, também coincide com as mortes dos escritores Miguel de Cervantes e William Shakespeare. Por isso, ruas de Barcelona e de todo o território catalão são tomadas pelos estandes de livros. Nesse dia, são organizadas sessões de autógrafos dos autores com novas obras lançadas, e estreados alguns títulos por parte das editoras.

Já participou de algum dia de Sant Jordi em Barcelona?

 

O dia de Sant Jordi
5 (100%) 1 vote[s]

Sobre o autor

Rodrigo

Rodrigo

Além de escrever e traduzir, Rodrigo ensina três idiomas: inglês, catalão e espanhol.

Deixe um comentário