blog shbarcelona català   blog shbarcelona français   blog shbarcelona castellano   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona   blog shbarcelona   blog shbarcelona   blog shbarcelona
Business

Uma tradição na moda

Escrito por Clarissa

Domingo antes do almoço em Barcelona: jovens, adultos, qualquer geração, executivos, hipsters, swaggers, casais, amigos, se bobear tem até alguém famoso, todo tipo de gente nos bares, bodegas, tascas e tabernas. Tudo lotado. É a hora do vermute.

Deste aperitivo, diz-se de tudo na Espanha: que é uma tradição, que é uma moda, que é uma tendência, que é como uma religião, que é uma liturgia, que é um clássico, que é um dogma, que é um ritual… O fato é que o vermute faz parte da cultura de Barcelona e, pra realmente conhecer a cidade, vale a pena entender o significado desta bebida para os barceloneses.

Tomar o vermute

A expressão “tomar el vermú” significa sair para tomar um aperitivo pra abrir o apetite, normalmente um vermute, é claro. O costume remonta à época em que, depois da missa, as mulheres iam pra casa preparar o almoço e os homens esperavam no bar reunidos com os amigos. Evidentemente já não é mais assim, mas esse hábito voltou com tudo nos últimos anos.

A razão para este revival do vermute? Há uma clara tendência em Barcelona de reivindicação do entorno urbano, em detrimento do global e a favor do local _as lojinhas do bairro, a comida caseira, frutas e verduras frescas, os velhos bares de sempre_, o que inevitavelmente acaba trazendo de volta de determinadas tradições, como vermutear.

Manual para Vermutear

As pautas são pouquíssimas e muito fáceis, mas têm que ser seguidas pra viver uma autêntica experiência de vermutear:

1- Não precisa ser só aos domingos. Pode ser também nos fins de semana e feriados. O fundamental é a hora. Tem que ser antes do almoço para abrir o apetite, afinal trata-se de um aperitivo.

2 – Não pode ser sozinho. Tomar o vermute é um ato social, tem que ser com alguém.

3 – A bebida clássica é evidentemente o vermute, mas ninguém vai dizer nada se você optar por qualquer outro aperitivo.

4 – As azeitonas, de preferência recheadas, são o acompanhamento clássico indispensável. Você pode optar também por batatas, mexilhões, berbigões, anchovas ou frutos secos.

5 – O resto, tipo de copo, vermute de garrafa ou sifão, com rodela de laranja ou não, com ou sem gelo, é realmente uma questão de gosto.

“Templos” do vermute em Barna

Casa Mariol
Onde: Carrer Rosselló, 442.

Bodega 1900
Onde: Carrer Tamarit, 91.

Quimet & Quimet
Onde: Carrer Poeta Cabanyes, 25.

Morro Fi
Onde: Carrer del Consell de Cent, 171.

Bar Cañete
Onde: Carrer de la Unió, 17.

Terraza Martínez
Onde: Carretera de Miramar, 38.

10 vermutes locais

O vermute é um vinho macerado com uma combinação que pode levar mais de 100 ervas, flores e condimentos diferentes. Embora seja de origem italiana, a Catalunha também tem uma grande tradição de produção de vermutes. Além dos clássicos Perucchi (1874) e Yzaguirre (1884), novas marcas vão surgindo no mercado a cada ano. Conheça 10 desses vermutes produzidos na região:

1- Perafita Vermut, do Celler Martín Faixó de Cadaqués), 16º. Preço: 18,50€.
2 – Vermut Falset Negre, da Cooperativa Agrícola Falset-Marçà de Tarragona, 16º. Preço: 7,50€.
3 – Vermut Negre, da Casa Mariol de Tarragona, 11,5º. Preço: 9,40€.
4 – Perucchi Negro, da Casa Perucchi de Barcelona, 15º. Preço: 8€.
5 – Miró, da Casa Vermuts Miró de Reus , 15º. Preço: 4,95€.
6 – Yzaguirre, do Celler Sort del Castell de Tarragona, 15º. Preço: 5,30€.
7 – Vermouth Iris, da casa De Muller de Tarragona, 16º. Preço: 4,50€.
8 – Vermouth M, do Celler El Masroig de Tarragona, 14,3º. Preço: 7,70€.
9 – Bertsolari, da Bodega I Tant Vins de Reus, 15º. Preço: 10,50€.
10 – Morro Fi, da Bodega Morro Fi de Barcelona. Preço: 9.70€.

Avalie este post

Sobre o autor

Clarissa

Clarissa é uma escritora e blogueira apaixonada pela cidade de Barcelona.

Deixe um comentário