blog shbarcelona català   blog shbarcelona español   blog shbarcelona français   blog shbarcelona english   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona   blog shbarcelona
O que é preciso saber

Roubos em casa: siga estes 11 conselhos para evitá-los

Ladrão tentando abrir a porta
Marcel
Escrito por Marcel
Avalie este post

As férias de verão são essa época do ano que tanto esperamos. O que não esperamos é sofrer um roubo em casa. No entanto, é o momento onde mais se produzem. Sabia que 7 de cada 10 roubos ocorrem quando não há ninguém em casa?

Segundo revelam os dados do Ministério do Interior, em 2020 houve 31,9% menos de roubos em domicílios. Isto é assim por causa da crise sanitária ocasionada pelo COVID-19.

Mas à esta altura da pandemia, e ainda mais agora que podemos nos mover a nível nacional, é importante seguir com estes conselhos práticos para saber como evitar roubos em casa neste verão.

Segurança nas férias: 11 métodos caseiros para evitar roubos

No mercado existem infinidade de sistemas sofisticados que nos permitem ter vigiada e controlada nossa vivenda, mas hoje falaremos de alguns métodos caseiros para evitar roubos.

Se este verão você alugar um apartamento turístico de Barcelona e deixar sua casa sem ninguém, tome nota porque temos preparado uma lista de medidas de segurança para evitar para roubos.

Métodos caseiros para evitar roubos

Foto de Raul Petri vía Unsplash

1. Antes de ir, assegure de que tudo está fechado

Embora este método seja o mais previsível, é também um dos mais importantes quando falamos de segurança nas férias. Uma última comprovação antes de sair de casa o ajudará a revisar que cada janela e porta esteja corretamente fechada.

Nós recomendamos fechar todas as portas com chave, incluídas as que dão acesso aos pátiso dos vizinhos ou zonas comunitárias. Muitos ladrões aproveitam pátios, garagens e sótãos para entrar no interior da vivenda.

2. Não baixe a persiana

A ideia é dificultar ao máximo. Existe uma probabilidade baixa de que o furto aconteça com pessoas no interior da vivenda. Por isso, é interessante deixar as persianas meio levantadas, sobretudo em imóveis com acesso díficil a partir da varanda.

3. Mantenha a eletricidade ativa

A polícia recomenda não desconectá-la, já que muitos ladrões comprovam se alguém está em casa tocando a campainha. Se descobrem que a campainha está desconectada, podem suspeitar que estamos de férias.

4. Fale apenas com seu circulo de confiança

Ainda que tenha muita vontade de contar a todo o mundo que se vai de férias por algumas semanas, é recomendável ser prudente. Qualquer deconhecido pode escutá-lo e aproveitar para planejar um roubo na sua casa. Seja discreto e conte a boa notícia apenas ao seu círculo mais próximo.

5. Quem cedo madruga…

Se você puder escolher a hora de sair de casa, é aconselhável que seja nas primeiras horas do dia para não ser visto. Quanto menos pistas dermos aos ladrões, melhor.

6. Faça como se tivesse alguém em casa

Esta é uma das práticas mais eficientes. Como havíamos comentado, se um ladrão pressente que há alguém em casa, provavelmente não entre para roubar. Por isso, é de grande valor contar com alguma pessoa de confiança que possa ir a sua casa para fazer alguns movimentos estratégicos. Acender as luzes, pegar as cartas no correio ou ligar a televisão são os mais simples.

7. Peça a colaboração dos seus vizinhos

É neste momento quando nos damos contar do importante que é ter um bom relacionamento com os nossos vizinhos. Qualquer pessoa que suspeite de alguiém ou veja movimentos estranhos pelo bairro pode avisar as autoridades. Se um ladrão vê um carro de polícia pela zona desistirá de roubar em nosso bairro.

Carros da polícia em frente à residências

Foto de Erik Mclean vía Unsplash

8. Guarde bem os objetos de valor

O sonho de qualquer ladrão é encontrar objetos de valor pequeno e fáceis de transportar. Por isso, nunca é demais que os guardem em algum lugar seguro. Pode ser na sua própria casa, utilizando uma caixa forte ou em espaços especializados destinados a custodiar efeitos personais.

9. Faça o seu próprio inventário

As autoridades recomendam e, realmente, é um bom método de controle. Mesmo que possa parecer excessivo, é importante que separemos exatamente tudo o que temos de valor. Aparelhos eletrônicos, dinheiro em bilhete ou jóias. Faça uma lista indicando as características, a marca e o número de série. Se você se animar e fizer fotos do inventário, melhor ainda!

10. Instale um dispositivo de segurança

Sempre é uma boa opção contar com sistemas de segurança como alarmes, portas blindadas, sistemas de fechadura mais robusto ou programados e desligamentos de luzes com um temporizador.

11. Reparta as cópias das chaves

Ainda que nos filmes insistam em deixar a chave embaixo do tapete, na vida real não é uma boa ideia. Assegure-se em dar uma cópia das chaves aos seus familiares ou amigos mais próximos para que possam ir ao imóvel de vez em quando ou entrar sem problemas ante qualquer suspeita para revisar que tudo está no seu lugar.

O que fazer em caso de roubo?

Se você lamentavelmente sofreu um roubo em casa, também é importante saber o que fazer depois de descobri-lo. Parece óbvio, mas às vezes, em situações complicadas, perdemos o norte e comentemos alguns erros que não se podem evitar.

Independentemente de ter sofrido um roubo em casa ou não, é importante que saiba o que fazer em caso de roubo:

    1. Em primeiro lugar você terá que visitar uma delegacia para por a denúncia pertinente. É muito importante fazer este passo, ainda que não é obrigatório. Se denuncia, a policia poderá começar a investigar o caso e terá mais possibilidades de recuperar o que foi subtraído. Além disso, é necessário apresentar o seguro do imóvel para solicitar a indenização.
    2. Pode fazer a denuncia em qualquer delegacia dos Mossos d’Esquadra
    3. Mesmo que o ideal é denunciar o quanto antes, não importa em que momento vá à delegacia.
    4. Lembre de identificado (como o DNI, NIE ou carta de motorista)
    5. É aconselhável mostrar recibos ou notas fiscais que identifiquen que, efetivamente, é o proprietário de tais objetos.
    6. Se foi possível ver o ladrão, dê toda a informação possível para sua identificação.
    7. É aconselhável olhar o lugar onde se cometeu o roubo. Se há câmeras de segurança próximas, caixas eletrônicos ou comércios, é possível que alguém possa adicionar mais informação.
    8. Mesmo que seja sua casa, o ideal é não tocar em nada e deixar que as autoridades recompilem todos os detalhes necessários.

Me roubaram em casa e não tenho seguro

Se você sofreu um roubo em casa, terá podido comprovar que necessitava um seguro de imóvel. Mesmo que possa parecer que não é necessário, quando ocorre qualquer incidência, dispor de um seguro de imóvel pode nos salvar de muitas dores de cabeça.

Pois bem, se você não dispõe de um, você deve denunciar e seguir os mesmos passos que recomendamos. A diferença está em quem não poderá solicitar nenhuma indenização pelos objetos que foram roubados. Apenas poderá esperar que a polícia consiga recuperá-los. Isto também não garante que estejam em bom estado.

Por tudo isto, recomendamos que contrate um seguro para o seu imóvel de aluguel ou compra. Filtre por empresa, tipo de serviço e preço, pois existem uma infinidade de seguros no mercado e cada um tem sua letra pequena.

Sobre o autor

Marcel

Marcel

Deixe um comentário