blog shbarcelona català   blog shbarcelona français   blog shbarcelona castellano   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona   blog shbarcelona   blog shbarcelona   blog shbarcelona
Arte e cultura

Expressões artísticas catalãs – parte 1: a culinária

Rodrigo
Escrito por Rodrigo

Os conceitos das palavras mudam de acordo com as transformações sociais. O termo arte, por exemplo, está ligado ao campo das pinturas, esculturas, literaturas, dança e música. Entretanto, qualquer criação que fuja aos padrões e ao espírito ortodoxo das nossas rotinas pode ser considerada, em essência, arte. Um chef de cozinha, por exemplo, está sempre a produzir obras de arte com novos sabores, cores e combinações de alimentos. Em suma, o ser humano é um artista por excelência, pois é capaz de criar. Catalunha e sua capital, Barcelona, foram e são o berço das grandes inovações, das criações que dão a volta ao mundo. As expressões artísticas catalãs são famosas por sua estética, bom gosto pelas formas ousadas e durabilidade. Desde as épocas medievais, as terras catalãs são vistas como o lugar onde vanguardismo (ou, na língua catalã, o avantguardisme) é o sobrenome dos grandes artistas.

Atualmente, as expressões artísticas catalãs avançam rumo a campos que, tradicionalmente, não são ligados ao conceito de arte. No futebol, por exemplo, o estilo de jogo do FC Barcelona, principalmente à época do treinador Pep Guardiola, foi considerado artístico, revolucionário, belo. Os gols de Lionel Messi, ou mesmo as combinações de jogadas que acabaram em gol, são considerados obras de arte. Para você, que está em Barcelona, ou pensa em morar na cidade, será importante conhecer o pano de fundo artístico da Catalunha. Mergulhe com ShBarcelona no mundo das expressões artísticas catalãs. Sua porta de entrada é a renomada culinária catalã, símbolo da cozinha mediterrânea.

Artigo relacionado: Pratos típicos de Barcelona: cozinha catalã

Os catalães, sempre grandes na gastronomia

Pa amb tomàquet, um dos símbolos da culinária catalã

Foto por Visual Hunt

Por volta de 1475, o escritor renascentista italiano Bartolomeo Sacchi, em seu livro De honesta voluptate et valetudine, disse: «Os catalães são um povo muito refinado em sua comida, e são como os italianos nos quesitos inteligência, costumes, vida e comida«. E antes disso, nas primeiras décadas do século XIV, foi produzido o primeiro livro de receitas com foco na culinária catalã, o Llibre de Sent Soví, cujo nome do autor é desconhecido. Nesse livro, é destacada a riqueza da cozinha medieval catalã antes da chegada de novos produtos oriundos das Américas.

A gastronomia medieval catalã já contava com elementos que, hoje, simbolizam o quão rica é sua variedade de pratos principais, sobremesas e petiscos. Com o passar dos séculos, a influência gastronômica de outros países, bem como o espírito prático e vanguardista dos catalães, pôs um toque a mais em um cardápio em constante evolução. Um bom exemplo dessa evolução criativa é o pa amb tomàquet, cujas primeiras aparições de referências escritas datam de 1884. Juntou-se o pão rústico tradicionalmente catalão, o pa de pagès, um pouco de azeite e tomate, e assim, criou-se um dos cartões postais da cozinha catalã mais conhecidos em todo o mundo.

Artigo relacionado: Cinco referências na capital da cozinha criativa

Atualidade da culinária catalã

Ferran Adrià, um dos melhores representantes da culinária catalã atual

Foto por Visual Hunt

Um dos traços mais especiais da culinária catalã são as feiras e rotas gastronômicas (rutes gastronòmiques). Essas rutes e feiras são realizadas desde a Idade Média, e a ideia básica delas é compartilhar e divulgar o melhor da culinária de cada região. Um dos grandes exemplos é o Menja’t Collserola, no distrito de Nou Barris, em Barcelona: diversos centros alimentícios dos bairros se unem, oferecendo variados petiscos e bebidas a um preço realmente baixo.

Um dos principais nomes da culinária catalã atual é Ferran Adrià. Nascido em Hospitalet de Llobregat, em 1962, Ferran Adrià é considerado um artista da cozinha, dado seu enorme talento para criação de técnicas culinárias. Foi proprietário do restaurante elBulli, que por cinco vezes, foi considerado o melhor restaurante do mundo.

Qual é o seu prato preferido da culinária catalã?

Avalie este post

Sobre o autor

Rodrigo

Rodrigo

Tradutor, professor de idiomas e redator do portal de notícias Aqui Catalunha, o primeiro em língua portuguesa exclusivamente dedicado à Catalunha.

Deixe um comentário