blog shbarcelona català   blog shbarcelona español   blog shbarcelona français   blog shbarcelona english   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona   blog shbarcelona
Informações sobre aluguel de apartamentos

Requisitos para alugar um apartamento em Barcelona

Imagem de casa em miniatura com chave
Rodrigo
Escrito por Rodrigo

Atualmente, alugar um apartamento em Barcelona é um pouco mais complicado do que alguns anos atrás para o inquilino, e mais fácil para o proprietário. A principal razão para essa mudança é o auge dos apartamentos turísticos, preços elevados e a oferta limitada que não atende à ampla demanda por esse tipo de aluguel, especialmente os de longo prazo.

De qualquer forma, não desanime. Se você estiver pensando em alugar um apartamento em Barcelona, ​​é importante que você saiba quais requisitos são solicitados. Neste artigo de ShBarcelona, ​​falamos sobre o que é necessário para alugar um apartamento na capital da Catalunha.

Artigo relacionado: Os aluguéis em Barcelona ficarão mais baratos?

Saiba o que é preciso para alugar um apartamento em Barcelona

Caso você seja o futuro inquilino

Imagem de pessoa com chaves de casa nas mãos

Foto por Pixabay

  • É muito importante que você, antes de alugar, verifique o estado da casa e dos móveis, caso a residência esteja mobiliada.
  • Para evitar problemas, é importante que você verifique se a pessoa que aluga a casa é realmente a proprietária, algo que pode ser verificado acessando o Registro da Propriedade. Se você alugá-lo por meio de uma agência, verifique se é uma empresa legal.
  • Lembre-se de que o proprietário é quem deve garantir as condições necessárias para que o apartamento seja habitável enquanto durar o contrato.
  • O proprietário não pode exigir o pagamento antecipado de mais de uma mensalidade.
  • De acordo com as novas normas, o contrato de aluguel de longo prazo terá uma duração mínima de três anos, e é prorrogável.
  • Lembre-se que você pode recuperar o depósito quando o contrato terminar, desde que não haja danos no imóvel. Se o proprietário se recusar a devolvê-lo, o arrendatário tem o direito de exigir que ele explique os motivos e os prove. Se o imóvel estiver mobiliado, é recomendável que, antes de sair dele, você comprove com o proprietário que tudo está em ordem, e que seja feita a assinatura da folha de conformidade.
  • Antes de residir no imóvel alugado, é necessário pagar a fiança.
  • Você tem que pagar a mensalidade até o final do contrato.
  • É obrigatório cuidar do imóvel e não fazer atividades que incomodem os vizinhos ou sejam ilegais.
  • Você não deverá fazer uso do imóvel alugado que não esteja de acordo com o que foi combinado com o proprietário.
  • É sua obrigação pagar as despesas de serviços (eletricidade, água, gás), que devem ser creditadas por meio de recibos de pagamento fornecidos pelo proprietário.
  • Você deve reparar os danos que causou como inquilino durante a sua estadia.
  • Se você sair antes do final do contrato estipulado, deverá pagar o aluguel restante até o final do contrato.
  • É proibido sublocar o imóvel sem o consentimento do proprietário.

Artigo relacionado: Áreas de Barcelona com os aluguéis mais baratos para morar

Caso você seja o proprietário

Imagem de duplex em dia ensolarado

Foto por Pixabay

  • O proprietário não pode aumentar o valor do aluguel durante a vigência atual do contrato. Depois que o contrato for finalizado, e se houver uma prorrogação, o proprietário terá direito a aumentar o valor. Também tem o direito de aumentar o aluguel para obras de melhoria realizadas no imóvel após três anos de duração do contrato, exceto se houver um pacto que informe o contrário.
  • O proprietário pode solicitar o imóvel após o primeiro ano do contrato apenas sob as seguintes condições: se tiver a necessidade de transformar o imóvel alugado em uma residência permanente para si mesmo, ou para seus parentes de primeiro grau consanguíneo ou adotivo, ou para seu / sua cônjuge, em caso de sentença final de separação, divórcio ou anulação matrimonial. Nesse caso, o inquilino deve ser comunicado sobre a decisão com pelo menos dois meses de antecedência.
  • Se o inquilino não cumprir os acordos estabelecidos no contrato, o proprietário terá o direito de exigir o cumprimento ou de rescindir o contrato com indenização por danos.
  • O proprietário pode rescindir o contrato por falta de pagamento por parte do inquilino, ou se o inquilino sublocar a casa ou fizer obras sem o seu consentimento, por danos ao imóvel, ou se o locatário realizar atividades que incomodem a vizinhança, perigosas ou ilegais.
  • O proprietário, por sua vez, se encarrega de fazer os reparos necessários e, caso não os faça, deverá pagar o custo ao inquilino para que ele o administre.
  • O proprietário é obrigado a notificar o inquilino sobre a nova cota mensal, caso haja a mudança, com pelo menos um mês antes de antecedência.

Caso tenha alguma dúvida, envie seus comentários.

Avalie este post

Sobre o autor

Rodrigo

Rodrigo

Tradutor, professor de idiomas e redator do portal de notícias Aqui Catalunha, o primeiro em língua portuguesa exclusivamente dedicado à Catalunha.

Deixe um comentário