blog shbarcelona català   blog shbarcelona français   blog shbarcelona castellano   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona   blog shbarcelona   blog shbarcelona   blog shbarcelona
Esporte

FC Barcelona x Real Madrid – parte 3: protagonistas históricos

Rodrigo
Escrito por Rodrigo

A maior rivalidade do futebol mundial, o El Clásico, possui uma extensa lista de protagonistas históricos. Não foram poucos aqueles que deram alegrias para as duas torcidas. Jogadores como Josep Samitier, Evaristo de Macedo, Luis Enrique, Ronaldo Nazário e Samuel Eto’o souberam o que é vestir duas camisas rivais. Entretanto, nenhum caso foi tão chamativo quanto o do português Luis Figo, que migrou do Camp Nou para o Santiago Bernabéu. Até hoje, Figo não é bem visto pela torcida azul-grená, que o considera um traidor.

Nos últimos anos, Barça e Madrid protagonizaram duelos que ficarão para sempre na memória de seus respectivos torcedores. A rivalidade ganhou contornos mais expressivos durante os confrontos entre o Barcelona de Pep Guardiola e o Real Madrid de José Mourinho. Os dois treinadores, que compartilharam um passado blaugrana, rivalizaram em campo e fora dele. Dois nomes, porém, foram o carro-chefe da rivalidade entre barcelonistas e madridistas nos últimos anos: Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, os protagonistas históricos deste artigo de ShBarcelona.

Artigo relacionado: FC Barcelona x Real Madrid – parte 1: a maior rivalidade

Ronaldo: potência e capacidade goleadora

Ronaldo, um dos principais destaques da rivalidade

Foto por Visual Hunt

Cristiano Ronaldo foi, sem dúvidas, um dos principais nomes do El Clásico. Iniciou sua carreira futebolística no Sporting de Lisboa. Sua qualidade lhe levou a ser contratado pelo Manchester United. Pelo clube inglês, Ronaldo marcou 118 gols em 292 jogos.

No Real Madrid, o atacante português, nas nove temporadas em que defendeu o clube, disputou 438 partidas, goleou 450 vezes, tornando-se, assim, o maior artilheiro da história do time da capital espanhola, superando os números de artilheiros como Di Stéfano e Raúl González. Sua potência física lhe fizeram ser um jogador ainda mais letal. O camisa 7 da seleção portuguesa e atual jogador da Juventus, marcou, ao todo, 18 gols em partidas contra o FC Barcelona. Seus títulos coletivos e méritos individuais lhe renderam 4 Bolas de Ouro.

Artigo relacionado: FC Barcelona x Real Madrid – parte 2: grandes polêmicas

Messi: nascido para brilhar no Olimpo do futebol

Messi, um dos grandes nomes da rivalidade

Foto por Visual Hunt

De acordo com jornalistas, jogadores e torcedores, não há um número suficiente de adjetivos para definir Lionel Messi. O atacante argentino acumula em sua carreira uma coleção de recordes e títulos. Muitos são os torcedores que lhe criticam pelo fato de jamais ter conseguido um título pela seleção principal da Argentina, mas seus feitos pelo clube catalão mostram que estamos diante de um atleta único na história do futebol mundial.

Segundo informações coletadas até o dia 29 de fevereiro de 2019, Leo Messi marcou 26 gols em confrontos contra o Real Madrid. Três deles foram marcados no dia 10 de março de 2007. Memorável, também, foi sua participação na partida disputada no Santiago Bernabéu, em 2 de maio de 2009.

Sua habilidade, capacidade de criação de jogadas e gols lhe renderam, momentaneamente, 5 Bolas de Ouro. Além disso, Messi é o maior artilheiro da história do FC Barcelona: de acordo com a mais recente atualização, em 22 de março de 2019, o argentino já marcou 591 gols em 674 partidas oficiais.

Para você, quem foi o melhor na rivalidade: Messi ou Cristiano Ronaldo?

FC Barcelona x Real Madrid – parte 3: protagonistas históricos
5 (100%) 1 vote[s]

Sobre o autor

Rodrigo

Rodrigo

Tradutor, professor de idiomas e redator do portal de notícias Aqui Catalunha, o primeiro em língua portuguesa exclusivamente dedicado à Catalunha.

Deixe um comentário