blog shbarcelona català   blog shbarcelona français   blog shbarcelona castellano   blog shbarcelona russian   blog shbarcelona   blog shbarcelona   blog shbarcelona   blog shbarcelona
Arte e cultura

Um típico Natal em Barcelona

Rodrigo
Escrito por Rodrigo

Passar a época das festas natalinas em um país que não seja o nosso pode ser, por vezes, uma experiência bastante desafiadora. Um dos motivos é a falta de conhecimento que temos sobre os costumes natalinos locais. No Brasil, por exemplo, o comércio faz com que o Natal seja vivido com cerca de um mês de antecedência. Como resultado, vemos pessoas, ainda no mês de novembro, comprando árvores natalinas, decorações e típicos produtos da culinária de Natal, como os panetones. Em Barcelona, bem como em qualquer região da Catalunha, o período natalino possui uma tradição festiva que inicia-se algumas semanas antes do dia 25 de dezembro. Neste artigo, ShBarcelona conta como um típico Natal em Barcelona é comemorado.

Artigo relacionado: Quatro curiosidades catalãs

O Natal começa na Fira de Santa Llúcia

Produtos de Natal na Fira de Santa Llúcia

Foto por Visual Hunt

A Fira de Santa Llúcia (Feira de Santa Lúcia) é o ponto de partida das comemorações natalinas em Barcelona. Desde o ano de 1786, esta feira é famosa pela comercialização de produtos artesanais e decorações de Natal. Objetos como árvores de Natal e personagens do presépio são postos à venda a partir do começo do mês de dezembro. A Fira de Santa Llúcia tinha o dia 13 de dezembro como data de início das vendas de decorações. Existem outras feiras espalhadas pela Catalunha onde pode ser encontrada uma grande variedade de produtos natalinos, mas nenhuma delas é tão tradicional como a Fira de Santa Llúcia. As decorações de Natal costumam ser vendidas até ao dia 23 de dezembro.

A Fira de Santa Llúcia é organizada na Avinguda de la Catedral, em frente à praça Pla de la Seu.

Artigo relacionado: As feiras gastronômicas de Barcelona

A magia dos dias 24 e 25 de dezembro

O Caga Tió é personagem fundamental no Natal catalão

Foto por Visual Hhunt

Quando éramos pequenos, nossos pais nos diziam que os presentes chegavam das mãos de um bom velhinho, o Papai Noel. Para ganhá-los, precisávamos ter tido um bom comportamento durante o ano. Alguns de nós fazíamos listas de presentes para que Papai Noel não se esquecesse de nada que queríamos.

As crianças de Barcelona são encantadas pela magia do Caga Tió. Este curioso personagem do Natal catalão nada mais é do que um tronco de madeira, ornamentado com pequenas toras de madeira que servem como pernas e um rosto. O Caga Tió, coberto por uma manta, e depois de ser «alimentado» pelas crianças, «defeca» os presentes (logicamente, postos pelos pais das crianças). Para que o Caga Tió «defeque» os presentes, as crianças o golpeiam com um pedaço de pau, enquanto cantam uma típica canção natalina. As representações do Caga Tió são encontradas, por exemplo, na Fira de Santa Llúcia. A colheita dos presentes acontece no dia 24 de dezembro.

O dia 25 de dezembro é dedicado à refeição natalina em família. A culinária catalã de Natal inclui a tradicionalíssima escudella i carn d’olla (uma deliciosa sopa de verduras e legumes com carne de panela), frango recheado, torrones e um espumante catalão. Nesta data, os membros da família fazem desejos de paz e alegria, e são comuns os cânticos natalinos.

O Dia de Sant Esteve e o Dia dels Innocents

Os canelons são uma comida típica do Dia de Sant Esteve, posterior ao Natal catalão

Foto por Visual Hunt

O dia 26 de dezembro é dedicado a Sant Esteve e, por isso, é considerado um feriado catalão. Esta data é considerada uma continuação da comemoração realizada no dia anterior. Geralmente, aqueles familiares que estiveram ausentes da ceia natalina aproveitam o dia 26 para se reunirem com os demais membros da família. No Dia de Sant Esteve, costuma-se aproveitar o que sobrou da ceia. Além das sobras, os catalães preparam canelons (canelones).

Dois dias depois, os catalães celebram o Dia dels Innocents (Dia dos Inocentes). Este dia pode ser comparado, em parte, ao Dia da Mentira. Este dia, também conhecido como o Dia dels Sants Innocents, tem dupla origem. Uma das versões contadas afirma que o Dia dos Inocentes tem como base as festas pagãs organizadas pelos romanos em homenagem ao deus Saturno. A outra versão, de cunho católico, está ligada à passagem bíblica que relata o sofrimento e a morte de crianças e pessoas inocentes a mando do rei Herodes. No Dia dels Innocents, costuma-se colocar llufes (bonequinhos de papel) nas costas de uma pessoa sem que essa perceba. Além disso, são comuns as innocentades, que são notícias inventadas a fim de que as pessoas acreditem. As innocentades são especialmente praticadas pela imprensa esportiva.

Artigo relacionado: Dia de Sant Jordi

Do Natal ao Dia de Reis

O Home dels Nassos, o boneco de cabeça gigante que é ícone do período de Natal catalão

Foto por Visual Hunt

A cultura popular catalã adotou o dia 31 de dezembro como a data em que um ser, com tantos narizes como dias que faltam para acabar o ano, sai às ruas. Esse ser mitológico,  conhecido como o Home dels Nassos (Homem dos Narizes), é representado por  um boneco com cabeça gigante. O Home dels Nassos é a verdadeira atração do dia 31 de dezembro: passeia por algumas ruas da cidade, entregando narizes de brinquedo. Ao final da caminhada, entrega a representantes da prefeitura de Barcelona uma chave simbólica para que o novo ano seja aberto.

No primeiro dia do novo ano, são comuns os almoços em família à base de frango recheado. O dia 5 de janeiro é conhecido como o da Cavalcada de Reis (a Cavalgada dos Reis Magos). A data antecede o Dia de Reis, em que as crianças costumam visitar as casas dos parentes a fim de pegarem os presentes «deixados» pelos Reis Magos.

O que acha do Natal em Barcelona?

Avalie este post

Sobre o autor

Rodrigo

Rodrigo

Tradutor, professor de idiomas e redator do portal de notícias Aqui Catalunha, o primeiro em língua portuguesa exclusivamente dedicado à Catalunha.

2 Comentários

Deixe um comentário